VITAMINA A. D. E.

R$600,00

Suplemento vitamínico para alimentação animal que supre as deficiências na alimentação, das vitaminas A, D e E.

Categoria:

Descrição

VITAMINA A. D. E.
Suplemento vitamínico para alimentação animal que supre as deficiências na alimentação, das vitaminas A, D e E.

As vitaminas são moléculas orgânicas responsáveis pelo controle de muitos processos metabólicos (ZEOULA e GERON, 2006). E são requeridas nas dietas de bovinos.

A vitamina A (retinol) é a de maior importância prática para bovinos. É essencial para o crescimento, reprodução (espermatogênese), manutenção dos tecidos epiteliais, visão e crescimento ósseo.
Deficiência de vitamina A pode predispor a perda de apetite, retardamento do crescimento e queda na imunidade. Além desses sintomas, pode resultar em cegueira noturna, infecções no aparelho respiratório e crescimento anormal do tecido poroso dos ossos, além de problemas relacionados com reprodução. A queda na imunidade é um dos problemas principais relacionados à deficiência de vitamina A.

Já a vitamina D (calciferóis) tem como função primária aumentar a absorção intestinal, mobilização, retenção e deposição óssea do cálcio.
Dietas com elevados teores de concentrado e animais em locais protegidos da radiação solar podem aumentar a necessidade de suplementação com vitamina D.

A vitamina E (tocoferóis) está relacionada com diversas funções no organismo, sendo a mais importante, a sua ação antioxidativa, inibindo a peroxidação dos ácidos graxos poli-insaturados presente nas membranas celulares. Além disso, auxilia na manutenção estrutural e na integridade de músculos esqueléticos, cardíacos e lisos e sistemas vasculares periféricos, além de atuar na resposta imune. Há uma inter-relação entre selênio e a vitamina E onde ambos atuam na defesa da oxidação dos fosfolipídios celulares.
Sua deficiência pode levar à doença do músculo branco em animais jovens, que se caracteriza pela calcificação anormal dos músculos. Tanto a distrofia muscular como a doença do músculo branco são prevenidas pela suplementação de vitamina E e Se. Animais que possuem deficiência de vitamina E apresentam ainda, de modo geral, transtornos no crescimento, degeneração da musculatura cardíaca e esquelética, degeneração testicular e oxidação da gordura corporal.